0

Coisas que aprendi durante meu primeiro rolê

Olá pessoas da Terra.

Acabei de voltar do meu primeiro rolê pela vizinhança e achei melhor relatar minha humilde experiência.

Hoje fez bastante sol de manhã, e estava muito menos frio do que ontem. O dia estava lindo, sem nenhuma nuvem no céu. Até vi pela janela um gato preto sentado no muro, e ele me encarou bem ferozmente. Ok, zoações de lado, minha hostmom foi trabalhar e disse para eu fazer o que eu quisesse. Eu estava pensando em ir até o centro da cidade para ver onde ficava a minha escola, mas estava com medo demais de ir sozinha (CRESCE LOGO ROBERTA!!!), então resolvi dar uma voltinha por aqui mesmo e ir até a estação de trem.

Agora as coisas que aprendi nessa caminhada até a estação:

— O Google Maps disse que era uma caminhada de 15-20 minutos até a estação; até aí tudo bem. O problema é ter que andar 15-20 minutos no frio. Ok, fez sol hoje, mas ainda ventava pra caramba.

— Eu vou precisar passar no shopping e na Penney’s pra comprar mais calças leggins, porque olha, não dá pra sair só de jeans na rua. Tanto que uma moça de calça preta estava andando na minha frente e eu quase virei pra ela e perguntei “COMO???”. Então aprenda com o erro dos outros e coloque sempre uma leggins por baixo da calça que é sucesso (acho que meia calça também vale mas não testei ainda).

— NUNCA MAIS SAIO SEM LUVAS DE CASA. Nem sem touca. Já falei do alargador congelante, e ela realmente deixa a cabeça quentinha — apesar de eu ficar parecendo o Kenny do South Park.

Posso ficar assim, mas estou quentinha, so who’s the real winner here?

— Não sei se é de conhecimento geral, mas só recentemente o governo Irlandês resolveu começar a cobrar taxa de água. E andando pela rua eu vi vários cartazes dizendo pra não pagarem as contas de água e que ia ter uma manifestação não sei onde.

— Perto de casa tem mercado, farmácia, posto de gasolina, barbearia, comida tailandesa, e até uma casa de serviços funerários.

— A mão inglesa me deixa muito confusa.

— O botão dos faróis de pedestre funcionam! Não é que nem no Brasil que você aperta e ele abre quando bem quiser. Isso achei legal.

— Acho que a cada 100m tem uma lata de lixo com um dispenser pra ponta de cigarro, então não se vê nenhum lixo na rua.

— O que São Paulo tem de pombas, aqui tem de corvos. Eles são mais bonitinhos, pelo menos.

_______________________

Enfim, esse foi o post do dia. Acho que mais tarde escrevo outro.

A próxima missão então é aprender o caminho para o shopping e comprar as leggins. Além disso, comprar o bilhete mensal de trem para ir para a escola.

A gente se vê por aí!

Anúncios