0

Turistando #2: Christ Church Cathedral

A segunda parada foi a lindíssima Christ Church Cathedral, na qual infelizmente não pude entrar já que os horários de visita já tinham acabado. #bolada

IMG_0349 IMG_0352 IMG_0354 IMG_0355

Lá dentro deve ser maravilhoso, pena que não entrei. Pelo o que eu vi, acho que o preço da entrada é 6 euros para adultos (espero que estudantes tenham desconto hehe), e a visitação vai até às 15h00.

IMG_0372

florzinhas do jardinzinho

IMG_0356 IMG_0361 IMG_0364 IMG_0376 IMG_0377 IMG_0381

IMG_0379

tirei uma foto dos caras que tentaram dar um photobomb na minha foto hehe

Ah, só Deus e os fotógrafos sabem como é difícil tirar foto no vento congelante do inverno sem luvas. Onde está meu aquecedor portátil? Juro que meus dedos ficavam duros que nem pedra, pqp. Não consigo tirar foto de luva.

Agora o objetivo é voltar lá na primavera/verão quando as árvores estiverem floridas e a temperatura mais quente. Deve ser incrivelmente bonito e sinto na minha alma que preciso ver isso com os meus olhos. E talvez tirar algumas fotos.

Essa catedral também tem um ar todo de século 18 e etc. Lá tinha uma escavação dizendo que aquele espaço era datado antes mesmo de Cristo, então o negócio é bem velho mesmo. Adoro esse ar de antiguidade que Dublin tem. Deve ser coisa dos países da Europa haha

Endereço: Christchurch Place, Dublin 8 –  pertinho do City Hall e do rio Liffey!

A gente se vê por aí!

Anúncios
0

Coisas que aprendi durante meu primeiro rolê

Olá pessoas da Terra.

Acabei de voltar do meu primeiro rolê pela vizinhança e achei melhor relatar minha humilde experiência.

Hoje fez bastante sol de manhã, e estava muito menos frio do que ontem. O dia estava lindo, sem nenhuma nuvem no céu. Até vi pela janela um gato preto sentado no muro, e ele me encarou bem ferozmente. Ok, zoações de lado, minha hostmom foi trabalhar e disse para eu fazer o que eu quisesse. Eu estava pensando em ir até o centro da cidade para ver onde ficava a minha escola, mas estava com medo demais de ir sozinha (CRESCE LOGO ROBERTA!!!), então resolvi dar uma voltinha por aqui mesmo e ir até a estação de trem.

Agora as coisas que aprendi nessa caminhada até a estação:

— O Google Maps disse que era uma caminhada de 15-20 minutos até a estação; até aí tudo bem. O problema é ter que andar 15-20 minutos no frio. Ok, fez sol hoje, mas ainda ventava pra caramba.

— Eu vou precisar passar no shopping e na Penney’s pra comprar mais calças leggins, porque olha, não dá pra sair só de jeans na rua. Tanto que uma moça de calça preta estava andando na minha frente e eu quase virei pra ela e perguntei “COMO???”. Então aprenda com o erro dos outros e coloque sempre uma leggins por baixo da calça que é sucesso (acho que meia calça também vale mas não testei ainda).

— NUNCA MAIS SAIO SEM LUVAS DE CASA. Nem sem touca. Já falei do alargador congelante, e ela realmente deixa a cabeça quentinha — apesar de eu ficar parecendo o Kenny do South Park.

Posso ficar assim, mas estou quentinha, so who’s the real winner here?

— Não sei se é de conhecimento geral, mas só recentemente o governo Irlandês resolveu começar a cobrar taxa de água. E andando pela rua eu vi vários cartazes dizendo pra não pagarem as contas de água e que ia ter uma manifestação não sei onde.

— Perto de casa tem mercado, farmácia, posto de gasolina, barbearia, comida tailandesa, e até uma casa de serviços funerários.

— A mão inglesa me deixa muito confusa.

— O botão dos faróis de pedestre funcionam! Não é que nem no Brasil que você aperta e ele abre quando bem quiser. Isso achei legal.

— Acho que a cada 100m tem uma lata de lixo com um dispenser pra ponta de cigarro, então não se vê nenhum lixo na rua.

— O que São Paulo tem de pombas, aqui tem de corvos. Eles são mais bonitinhos, pelo menos.

_______________________

Enfim, esse foi o post do dia. Acho que mais tarde escrevo outro.

A próxima missão então é aprender o caminho para o shopping e comprar as leggins. Além disso, comprar o bilhete mensal de trem para ir para a escola.

A gente se vê por aí!