2

“O” dia

São 2:09 da manhã do dia 27 de Janeiro de 2015, e isso quer dizer que o dia da minha viagem chegou. Eu só preciso dormir algumas horas — ou nenhuma, na verdade heheh — e voilá, estarei no aeroporto umas 4 horas da tarde.

Honestamente, não estou sentindo nada demais. Isso deveria ser preocupante?

Uma coisa legal que tenho pra falar é que gravei meu segundo vídeo — o sobre arrumar a mala —, e jajá ele vai pro Youtube. O primeiro até que recebeu um feedback bom, apesar de ter só umas 15 visitas até agora. Não que eu me importe.

Outra coisa legal foi que minha tia-madrinha (favorita cof cof) me emprestou uns casacos super estilosos dela e estou um pouco ansiosa pra desfilar com eles por aí. A madrinha da minha irmã (oi, tia Cyntia) também me fez uma bolsinha super fofa pra guardar maquiagem e tal, pena que ela é pequena demais pra caber tudo o que eu tenho  ):  Mas obrigada mesmo assim, gostei de verdade.

Estou morrendo de medo de esquecer alguma coisa e ficar me corroendo por isso depois. Ugh, odeio essa sensação.

Vou escrever um post e (tentar) gravar um vídeo durante a viagem amanhã, contando como foi a experiência de viajar sozinha. Na verdade essa é a parte que mais me deixa assim.

A gente se vê por aí! ♥

Anúncios
0

Contagem regressiva #5 e primeiro vídeo do canal!

No último Contagem Regressiva eu falei que achava que nem tinha tantas blusas de frio assim e — damn, I was so wrong. So so so wrong. Joguei tudo de inverno que eu tinha dentro da mala e nossa, fiquei surpresa com a quantidade de roupa.

Bom, eu assisti os vídeos do Marião na Europa (clique aqui e aqui) sobre fazer a mala e eu percebi que talvez esteja levando coisa demais. Acho que o medo da minha avó de que eu passe frio me contagiou um pouco. Na verdade, eu queria levar bastante coisa porque queria segurar o máximo de grana que desse pelo maior tempo possível. Ou seja, queria evitar de fazer compras e gastar o dinheiro muito rápido.

Não é como se eu fosse uma descontrolada nem nada — pelo contrário, acho que sou mão-de-vaca demais. Odeio gastar dinheiro, principalmente o meu, especialmente se for contado (hehe).

Imagem ao vivo da Roberta procurando dinheiro pra pagar algo de mais de R$20,00

Acho que foi o post no blog que convenceu Deus a me deixar gravar o vídeo, porque consegui rapidinho depois. Ele já está no meu canal do Youtube, mas tudo bem, eu publico aqui também se você tem preguiça de ir olhar.

Como vocês podem ver, não fico muito a vontade na frente de uma câmera gigante.

Outra coisa que eu queria dizer é que atualmente O EURO ESTÁ MENOS DE TRÊS REAIS SEGUNDO O E-DUBLIN, então é melhor correr, negada. Vamo falar pra mamãe comprar o money rapidinho hahah.

A gente se vê por aí! ♥

0

Primeira despedida e tentativas de vídeo

A despedida nunca é fácil. Dizer tchau é sempre doloroso. Eu só não queria que a primeira tivesse sido justamente a do meu namorado.

Antes de ontem ele foi viajar, e eu já terei ido quando ele voltar. Isso significa que anteontem foi a última vez que vi meu namorado antes de ir pro intercâmbio, e isso me deixou bem triste. O que me consola é que ele disse que vai pra lá nas férias, então a gente vai poder se encontrar em Dublin. Isso me deixou bem mais feliz e amenizou um pouco a dor.

Eu fico pensando em que mão vou segurar quando estiver andando na rua, ou o que vou fazer nos fins de semana. Parece meio vazio nesse aspecto. Mas eu obviamente vou sobreviver. Só estou sendo um pouco dramática.

_____________

Estou tentando gravar meu primeiro vídeo para o canal, mas acho que o próprio Deus não quer que eu grave. Já tentei 5 vezes e nada ainda. E agora estou aproveitando o tempo de escrever esse post para carregar a bateria da minha câmera (que foi o que interrompeu a última tentativa). Sou muito embolada pra falar e gaguejo muito. Argh. Que raiva.

Se tudo der certo dessa vez, eu termino de gravar antes do sol começar a nascer (atualmente são 2:11 da manhã).

Editado: consegui filmar o vídeo! Aleluia! Daqui a pouco ele estará no canal do Youtube do blog.

Esse post foi só pra passar o tempo mesmo.

Lembrando a todos que faltam 3 dias pra ir viajar. Irra.

A gente se vê por aí!

 

0

Compras pré-viagem

Não que eu tenha comprado muito, mas eu quis compartilhar provavelmente a melhor compra do ano (até agora) com vocês. É porque eu fiquei meio apaixonada e ansiosa para usar minha nova mala de mão.

IMG_0106

IMG_0047

Ela é da Samsonite e eu comprei na Comtesse em uma promoção bem legal que estava tendo lá. Ela é super leve e a cor dela é esse azul super adorável. Os zíperes são ótimos, e o principal tem espaço para colocar cadeado.

IMG_0050

IMG_0086

Ela tem três bolsos. O primeiro é bastante grande e tem uma estampa legal dentro.

IMG_0052

IMG_0054

O bolso do meio é menor e tem espaço para guardar coisinhas pequenas como canetas, maquiagem, lencinhos, etc.

IMG_0055

IMG_0056

O compartimento maior foi a razão pela qual eu comprei a mala. Ele vem com porta-computador e uma necessaire que encaixa num botão. Ele também tem bolsinhos internos e é muito grande, mesmo não parecendo nas fotos.

Esse botão das laterais impede que ela abra por inteiro.

IMG_0059IMG_0060

Desabotoando, ela fica assim:

IMG_0069

Os bolsos internos…

IMG_0070

O porta computador é fechado a velcro e cabe um computador de tela 15.4 polegadas.

IMG_0066IMG_0067

O botãozinho que encaixa a necessaire fica na parte de cima.

IMG_0071 IMG_0075

IMG_0082

Resultado final

Estou ansiosa para testar a mala, mas eu já posso dizer que o rolamento dela é uma delícia (desliza super bem não importa a superfície) e a alça dela estica três vezes (!). Outras fotos para referência:

IMG_0101

Como eu sou baixinha (1,55m), alça desse jeito bate no meu peito

IMG_0100

IMG_0099

Comparação de tamanho mala-minhas pernas horrorosas (novamente, eu meço 1,55m)

IMG_0095 IMG_0088

Como a mala foi muito cara, eu estava esperando alguma coisa legal dela, e a vendedora disse que ela vem com dez anos de garantia, é à prova d’água e sujeira e até mesmo óleo! O modelo dela é o Spinner Boarding Bag, caso alguém queira saber.

Outra coisa que comprei na mesma loja foi algo que eu estava atrás fazia um tempo: um adaptador universal! Custou R$50,00, o que eu achei até barato (esperava uns 100 conto ou mais), e tem entrada USB pra carregar aparelhos quando estiver na tomada.

IMG_0090  IMG_0092

Informações da embalagem:

— Pode ser usado na Europa, Estados Unidos, China, Reino Unido, Austrália, e vários outros países.

— Possui fecho de segurança.

— Possui LED indicador de funcionamento.

— Funciona em -10°C até +50°C

— Voltagem universal: 110V até 250V

Estou feliz com as novas aquisições, e espero que elas sejam úteis nessa longa viagem que estou para fazer *suspiros*. Minha mãe acabou de trazer a minha mala com algumas roupas de frio doadas pela minha avó e tia, então eu acho que vou começar a dar uma ajeitadinha nas coisas.

A gente se vê por aí!  ♥

0

Informações Úteis #2

Se tem uma coisa que me deixa feliz é fazer lista.

Mas se tem uma coisa que me deixa mais feliz ainda é saber que existem listas na internet sobre o que levar na sua mala.

Acho que ninguém tem noção do quanto eu amo esse tipo de coisa.

Por via das dúvidas, eu resolvi postar DUAS listas diferentes, assim ninguém esquece de nada, né? A primeira é o Checando e me pareceu bem competente. É só preencher as coisas direitinho e ele dá as coisas que você não pode esquecer.

A segunda é uma lista que eu usei quando viajei para Cancún, e deixa eu falar que ela é bem completa. Tipo, bem completa mesmo, e super específica. Levando em conta que eu fiquei 7 dias lá, o que eu levei deu e sobrou, então acho que é uma boa. Eu procurei a com maior resolução possível para que possa ser impressa (adoro esse tipo de trabalho manual rsrs). Ela é em inglês, então pode ter alguns nomes de roupas desconhecidos — eu por exemplo não sei o que diabos é pantyhose nem slacks (o google tradutor me diz que é MEIA-CALÇA e… calças??? ok??) — mas é bem útil mesmo.

pack-this1

clique para ver em tamanho completo

(Se não conseguir baixar direito, entre nesse link para salvar em JPG ou PDF. Os links estão no final do post)

PS: favor lembrar que não é permitido embarcar com garrafa de água no avião, então risque o bottled water dessa lista. Não queremos desperdício, principalmente nessa crise hídrica que meu estado — vai lá São Paulo — está passando.

_________

Outra informação valiosa que minha amiga do coração Giulia (fez intercâmbio pra Austrália ano passado) deu é compre só um adaptador de tomada e leve consigo um filtro de linha. Desse jeito você só precisa de um adaptador e pode conectar várias coisas ao mesmo tempo! Yay!

A maioria dos países exige receita médica pra comprar remédio, mesmo os mais simples para dor de cabeça ou gripe comum. Por isso é melhor preparar sua mini farmácia e levar na sua mala. Esses sites x x x são sua check list de remédios básicos para viagens para o exterior. A Giulia também fez isso hahaha.

Bom, agora uma listinha de outras informações úteis achadas pela internet e/ou inventadas por mim:

  • Usar roupas confortáveis no avião. Nos voos nacionais que fiz, sempre fez muito frio no avião, mas no meu voo pra Cancún eu passei até calor. Por via das dúvidas, levar um par de meias e um casaco.
  • Não conte com travesseiro e cobertor. Eu acho que a maioria das companhias fornece esse itens, mas é melhor se precaver. Leve uma almofada de pescoço, e você pode até usar seu casaco como coberta.
  • Carregue todos os seus aparelhos eletrônicos antes de sair de casa.
  • Leve uma muda de roupa na sua bagagem de mão. Nunca se sabe se sua mala pode ser extraviada.
  • Coloque seus cabos dentro de um porta-óculos para organização — EU TESTEI E ISSO É ÓTIMO
  • Leve cópias autorizadas dos seus documentos — em papel ou no próprio tablet
  • Assentos perto das asas têm menor turbulência
  • Guarde seus grampos de cabelo em caixinhas vazias de Tic-Tac
  • Lip balm e hidratante serão seus melhores amigos no avião
  • Coloque uma bolinha de algodão na embalagem do seu blush ou pó compacto pra evitar que eles quebrem
  • Bebês e velhinhos tendem a sentar na frente
  • O assento perto do banheiro pode parecer conveniente, mas pode ser difícil dormir com o barulho e o cheiro (!)
  • O ar dos aviões é muito seco, então leve um spray nasal, hidratante para pele e beba muita água

Por enquanto é isso que tenho a dizer. Talvez eu volte com mais dicas e com mais James Franco piscando pra vocês.

A gente se vê por aí! ♥

0

Contagem regressiva #4, fazendo as malas? e problemas do meu nariz

É isso aí, gente. Faltam oito (OITO!!!!) dias pra eu ir viajar e acho que estou começando a ficar um pouquinho aflita. Na verdade acho que a ficha nem caiu direito. Acho que nem percebi que vou estar sozinha. Em outro país. Falando uma língua que não é a minha. Cercada de gente estranha. Em uma diferença de temperatura de cerca de 30 graus. Novamente, sozinha.

Não tá sendo fácil pra mim, principalmente a parte do sozinha. All by myself.

Outra coisa que vem me preocupando é que eu tenho certeza que vou ficar travada pra falar inglês e vou gaguejar e engasgar na minha saliva e cuspir nos outros. Não que meu nível de inglês seja ruim — pelo contrário, considero meu inglês na faixa do regular-ótimo, eu sei ler facilmente e escrever bem —, mas faz tanto tempo que eu não pratico minha fala que eu não devo saber pronunciar uns 30% do meu vocabulário, já que eu passo a maior parte do meu tempo lendo na internet.

Além disso, estarei absolutamente nervosa e eu mal consigo manter uma conversa em português quando me sinto assim. Imagina em outra língua. Não é muito animador.

Pelo menos eu sei que consigo me soltar e até manter uma conversa com alguém que eu tenha pelo menos um pouco mais de intimidade — mas vendo como eu sou ruim em fazer amigos, penso que estou ferrada rsrs

Posso ser idiota, mas não sou estúpida — há! É sempre possível dar um “jeitinho brasileiro”, e deixa eu falar que foi assim que eu consegui sobreviver 18 anos da minha vida sem ter muitas habilidades sociais.

Voltando ao tópico do título, faltando 8 dias pra viagem, eu imagino que já deveria começar a pelo menos ver quais coisas vão na minha mala. Vivendo em um país tropical climatizado pelo capeta (EU JURO POR DEUS QUE NÃO AGUENTO ESSE CALOR), eu naturalmente não tenho roupas de clima frio — em São Paulo raramente faz menos de 10°C, e eu sempre vivi cheia de casacos da escola, então nem tenho tantas blusas assim —, por isso acho que minha mala nem vai ficar tão cheia de roupas. Eu tenho cachecóis e luvas, meias quentinhas doadas pela minha tia, e algumas blusinhas. Acho que não vou ter tantas chances de usar camisa de manga curta (aproximadamente 92% das minhas roupas), nem shorts.

Na verdade eu disse pra minha mãe poupar o dinheiro de comprar roupa quente aqui, porque é mais fácil ela salvar esse dinheiro e deixar que eu compre lá, já que as roupas já são feitas para o clima e mais baratas.

Bom, atualmente estou morrendo com meu nariz tampado e escorrendo aproximadamente 24h por dia. Eu tenho muita rinite e sinusite, e na verdade estou com medo de que o clima de lá só piore essas doenças do capeta. Acho que morro se isso acontecer. Se aqui nesse calor está assim, mal posso imaginar no frio congelante maligno que deve estar em Dublin no momento (o e-Dublin me informa que faz 3°C lá agora. Só uns 30 a menos do que aqui. Suavíssimo).

“Ok, Roberta, hora de fazer a ma— COMIDA PRIMEIRO RESPONSABILIDADES DEPOIS”

Estou me sentindo um pedaço de merda. Hahaha.

Bom, vou programar mais uns posts aqui porque tenho algumas coisas pra falar e mostrar antes do tão esperado dia.

A gente se vê por aí ♥

0

Contagem Regressiva #3, Host Family e Feliz Natal

Estou escrevendo esse post no dia 24, mas vou programar pra postar no dia 25. Então, FELIZ NATAL a todos os (não existentes) leitores do blog. É isso aí.

Bom, minha gente, faltam 33 dias para minha temida viagem e na verdade eu nem estou tão ansiosa assim. Ok, eu estou, mas já estive bem mais do que agora. Acho que a única coisa que estou sentindo no momento é tristeza de ter que deixar meu namorado, amigos e família aqui no Brasil enquanto eu vou estar em outro país curtindo maravilhosamente. Queria poder levá-los comigo. Mas é melhor não.

Além disso, gostaria de falar que meu agente de intercâmbio me mandou o voucher da minha Host Family.

A família é constituída de uma mãe (Karolina), um pai (Greg), e um bebezinho chamado Victor (QUE POR ALGUMA MALDITA COINCIDÊNCIA É O NOME DO MEU NAMORADO FUCK MY LIFE). Eles moram em Dublin 15, o que é mais ou menos um bairro de subúrbio, no que o Google Street mostrou ser uma casa bem legal. O voucher também diz que eu vou ter meu próprio quarto por um mês. Hell yeah.

Bom, a escola de inglês que eu vou estudar chama Erin School of English e fica em Dublin 1. Olha que legaaaal. Morar em Dublin 15 e estudar em Dublin 1. Pra quem não tem ideia da distância, aqui vão duas imagens que podem ser úteis.

Eu estou em Dublin 15, ali no canto superior esquerdo, e Dublin 1 fica bem no centro. Ê beleza.

cats

Há três opções de transporte público: dois ônibus ou o trem. O tempo é em torno de 50 minutos, não importa o transporte, mas acho que vou preferir ir de trem, apesar de precisar andar um pouco até a estação. O Google Maps diz que de carro são 20 minutos até lá. Ainda não sei se vou ter que pegar o transporte público ou algum dos meus host parents vai me levar/dar carona até lá. Acho que vou ter que descobrir.

Como eu tinha o nome e sobrenome dos meus host parents, eu dei uma stalkeada básica neles no Facebook e eles me pareceram bem legais. Eles já ficaram com intercambistas antes — eu só consegui achar foto de uma menina do Rio de Janeiro —, e eu gostei muito da casa que eles moram (eu vi no Google Street, mas não sei se eles autorizam eu postar uma foto da casa deles aqui, então achei melhor esperar e perguntar pessoalmente). Ainda não falei com eles e estou um pouco nervosa. Além do quê, tem uma criança na casa e eu não sou muito fã de crianças, honestamente.

___

Trouxe mais algumas informações sobre minha viagem. Aparentemente eu saio daqui dia 27 de janeiro às 19:45, e chego em Frankfurt 11 horas e 35 minutos depois, no horário local de 10:20. Depois, eu espero 5 horas e 45 minutos no aeroporto para pegar outro voo de 2 horas até Dublin, chegando lá (se tudo der certo) às 17:10.

Pelo o que me parece, a volta vai ser por Munique, não por Frankfurt. Isso é bem legal também.

Acho que isso é tudo o que eu tenho para compartilhar agora.

Ah, eu ainda estou em dúvida sobre como eu vou sair do aeroporto e ir para a minha casa. Se bem que o aeroporto não fica longe (só olhar no mapinha colorido acima), mas minha mãe estava vendo com umas amigas que moram lá se elas poderiam me recepcionar e tal. Espero que isso aconteça.

A gente se vê por aí!  ♥